• Atendimento : (11) 3090-0331

Melatonia ajuda a dormir melhor e acordar mais disposto

Melatonia ajuda a dormir melhor e acordar mais disposto

Melatonia ajuda a dormir melhor e acordar mais disposto

Melatonina: Promove padrões saudáveis de sono

Em diversos estudos, ficou constatado que a melatonina:

    • trata da insônia
    • melhora a qualidade do sono
    • combate sintomas de jet lag
    • desacelera o processo de envelhecimento
    • alivia os sintomas de SAD (estado depressivo sazonal)
    • reduz a pressão ocular
    • pode prevenir a doença de Parkinson

O que é Melatonina e de onde vem?

Melatonina é o hormônio responsável por regular o relógio biológico do corpo. É produzida pela glândula pineal, localizada no cérebro. A melatonina ajuda a regular o sono. Durante o dia, a glândula pineal no cérebro produz o neurotransmissor serotonina, mas de noite, a glândula pineal para de produzir a serotonina e produz melatonina. Esta liberação de melatonina ajuda a dormir.

Por que tomar melatonina?

Insônia: A capacidade de adormecer e permanecer dormindo pode ficar melhor com um suplemento de melatonina. Alguns estudos sobre adultos jovens e mais velhos têm demonstrado que tomar uma pequena quantidade de melatonina antes de deitar ajuda a acelerar o adormecer e melhorar sua qualidade. Estes benefícios foram observados em pessoas insones e também com pessoas que lutam com problemas ocasionais de sono.

Problemas de sono causados por dor ou estresse: É possível acordar frequentemente de noite como resultado de dor ou estresse crônico. Nestas situações, a melatonina pode ajudar incentivando um sono melhor.

Jet lag: Se estiver trabalhando em turno noturno ou viajando por fusos horários, os suplementos de melatonina podem ajudar o corpo a superar qualquer desorientação e restabelecer depressa um padrão normal de sono. Estudos recentes de pessoal de linhas aéreas e outros que viajam longas distâncias constataram que o suplemento de melatonina aliviou significativamente os sintomas de jat lag.

Antienvelhecimento: Pesquisa com animais indica que a melatonina podem ter valor para aumenta a expectativa de vida – ratos mais velhos que receberam o suplemento viveram 25% mais do que os grupos em um estudo -- embora seja necessária muito mais investigação antes de se tirar conclusões concretas sobre o valor para os humanos com relação a isto. As propriedades antioxidantes da melatonina podem ajudar a impedir doenças comumente relacionadas com o envelhecimento, como doença cardíaca e cataratas. O hormônio também pode aumentar a função do sistema imunológico que pode enfraquecer com a idade.

Depressão relacionada a SAD: Diversas pessoas que se sentem bem normais e enérgicas no verão ficam deprimidas e preguiçosas no inverno, quando a luz solar é mais fraca e menos abundante. Baixos níveis de melatonina também podem estar presentes em pessoas em que reagem deste modo. De acordo com alguns estudos preliminares, estas pessoas são consideradas como tendo SAD (transtorno afetivo sazonal) e podem sentir uma melhoria significativa no humor se tomarem várias doses minúsculas (0.1 mg) de melatonina de tarde. Os participantes no estudo que não melhoraram tomaram uma única dose grande pela manhã ou nenhuma melatonina. Mais estudos são necessários nesta área.

Pressão ocular: tomada em pequenas doses, a melatonina tem demonstrado reduzir a pressão nos olhos. Como os estudos foram feitos apenas com olhos saudáveis, ainda é incerto se a melatonina seria um tratamento eficaz para glaucoma.

Doença de Parkinson: baixos níveis de melatonina podem causar a falência de neurotransmissores, causando a doença de Parkinson. O suplemento pode prevenir isto de ocorrer.

Quem precisa e quais são os sintomas de carência?

Acredita-se amplamente que à medida que as pessoas envelhecem, seus corpos produzem menos melatonina. Deficiências podem causar insônia. A produção de melatonina varia de acordo com a quantidade de luz à qual você é exposto; mais melatonina é produzida à noite do que durante o dia, e seu corpo produz mais melatonina em uma sala completamente escura do que em uma ligeiramente iluminada.

Estresse, doenças, e envelhecimento são os culpados que aceleram esta carência em melatonina. Pesquisas recentes demonstram que a melatonina é um dos antioxidantes mais poderosos. O consumo de melatonina ajuda bastante pessoas com problema de insônia. A maioria das pessoas reporta um sono mais profundo e tranquilo, e outras reportam mais sonhos e também boas noites de sono.

Quando devemos tomar? Existe qualquer efeito colateral?

Investigadores de melatonina ainda precisam determinar as melhores doses para vários usuários. As necessidades individuais variam, dependendo consideravelmente das diferenças no metabolismo. Para propósitos de sono, doses maiores não são necessariamente mais eficazes do que doses menores. (se você se sentir fraco pela manhã, a dose que você tomou foi muito alta; se você não sentir um sono tranquilo profundo, a dose pode ter sido muito baixa). Constatações de pesquisas indicam que a menor potência de melatonina pode normalmente induzir padrões de sono naturais ou pode nos ajudar a lidar com jet lags. Entretanto, foi determinado que potências mais altas sejam necessárias por pessoas com 65 anos e mais velhas.

Nenhum Comentário